Monday, October 23, 2006

Diário de uma louca II


Querido diário, hoje é segunda, mas ela ainda está vivendo o dia de ontem: um domingo que não sai do seu pensamento. Me disse que não consegue tirar da cabeça e do coração, coisas tão simples que lhe aconteceram, mas que marcaram tanto. Ontem, ao asssitir O diário de uma louca, filme recomendado pela irmã que mora longe, percebeu que precisava colocar para fora, sentimentos que estavam guardados ali dentro. Este filme mexeu com uma caixinha que há tempos ela não mexia, não conseguia mexer...uma caixinha que estava precisando ser arrumada, ou melhor, esvaziada. Precisava retirar de dentro dela coisas que não lhe serviam mais, como mágoa, ressentimento, angústias, medo...e colocar coisas novas como esperança, amor, felicidade e desejo. Desejo de ser feliz, desejo de ser amada, de ser livre, de ser ela mesma. Começou a colocar essas coisas novas, devagar... uma por uma...E a caixinha foi ficando mais limpa, mais leve, mais bonita... apesar de ter sido banhada por lágrimas. A caixa até tocou uma música...e ela, timidamente, se viu cantarolando, dançando, acompanhando docemente o seu ritmo...o ritmo de uma nova canção. Uma canção que fala de um colega que se tornou amigo, amigo que de tão colorido se transformou em namorado... e pintou a vida dela com as cores da paixão, do desejo.... do Amor. Amor que hoje ela conseguiu enxergar apesar das suas lentes embaçadas. Amor que hoje ela conseguiu falar, apesar da voz às vezes engasgada. Amor que hoje ela consegue revelar, mesmo através destas pequenas palavras que sonhou tanto em dizer: "EU TE AMO". Ela ama mesmo e pronto! E disse que não importa o que vier acontecer depois, e não importa o que aconteceu...Aprendeu com ele a viver o agora. Esvaziou e limpou a caixa que estava empoeirada, guardando sentimentos do passado. A caixinha dela agora só tem espaço para surpresas...mas surpresas boas, surpresas deliciosas... com sabor de chocolate, sabor de vinho...sabor de amor e carinho... sabor de uma vida nova.

Querido diário, ela pode estar louca, mas...
"Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer que não existe razão?"

3 comments:

Luiz Sousa said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Luiz Sousa said...

Ufa!! Que desabafo hein?!
Amigos são anjos que nos mostram o caminho até em um simples filme que devemos assistir para que possamos entender um pouquinho mais sobre a vida e sobre nós mesmos.
Eu posso dizer que hoje eu sou muito mais feliz por fazer parte da sua vida, e espero continuar feliz assim, por muitos e muitos anos por vir.
Te amo

Nane said...

nossa que lindo !!!
do nada abri essa pagina na internet ...
Tbm ja assisti esse filme e tive a mesma visao esse mesmo sentimento e vivo situação semelhante !!!
Maravilhosa escrita ...senti no coração !!
Que Deus abencoe sua vida ..